Começou o primeiro Keynote do re:Invent 2019: Monday Night Live

Começou no dia 02.12.2019 às 19:30pm o primeiro Keynote do re:Invent 2019, Peter DeSantis, VP de Infraestrutura e Suporte da AWS apresentou os principais lançamentos e explicou como a AWS otimizou sua infraestrutura para executar cargas de trabalho complexas ao redor do mundo, DeSantis também apresentou uma visão atualizada sobre o crescimento e a escala da infraestrutura global da AWS.

Neste Keynote o executivo explica como a AWS quer “reinventar” o conceito de “Super Computadores” (high performance computing – HPC ) e que para atingir esse objetivo tudo começa com a rede, foi destacado que a AWS já esta trabalhando neste projeto há uma década.

De acordo com DeSantis, não há uma definição única para HPC, porém ela pode ser entendida como “grande demais para caber em um único servidor”.

Este modelo de computação tem como principal objetivo a disponibilização de poder computacional, onde servidores trabalham em conjunto para resolver alguns problemas que antes não eram possíveis com as tecnologias existentes. Segmentos como o de ciência e engenharia estão se beneficiando, pois estão conseguindo criar novos modelos de negócio e ter análises mais rápidas e precisas gerando diferenciais competitivos em seus negócios.

Todas estas novas oportunidades de processamento exigem uma rede de alto desempenho e baixa latência, este ponto atualmente já não é um problema e com isso a democratização do acesso aos “super computadores” avança de modo relevante.

DeSantis comenta que com a tecnologia HPC mais acessível, a sociedade poderia se beneficiar com carros mais seguros, análises mais precisas, ter acesso a um tratamento de doença personalizado. Outro ponto é o leque de oportunidades que se abre para a inovação onde novos produtos e serviços podem ser criados.

A AWS também apresentou que está trabalhando no “reinventar” da infraestrutura para as aplicações de Machine Learning. Isto é parte da estratégia da AWS e a expectativa é que haverá grandes lançamentos no decorrer da semana.

O volume de dados está aumentando exponencialmente, com isso a necessidade de ter uma infraestrutura que consiga processar estas informações com maior eficiência é um dos grandes desafios. Mais cedo nesta segunda-feira, a Fórmula 1 anunciou que havia feito parceria com a AWS para realizar simulações que, segundo ela, resultaram no design de carros para a temporada de corridas de 2021. Anunciando a conclusão de um projeto de Dinâmica de Fluidos Computacional (CFD), que simula a aerodinâmica de carros durante a corrida.

O projeto CFD usou mais de 1.150 núcleos de computação para executar simulações detalhadas compostas, por mais de 550 milhões de pontos de dados, que modelam o impacto da esteira aerodinâmica de um carro em outro.

Estes novos anúncios sobre a evolução do HPC e como a AWS está investindo nas soluções de Machine Learning foi uma grande notícia para a segunda-feira, DeSantis conseguiu transmitir o que vem por aí, nas próximas horas publicaremos mais novidades sobre o re:Invent 2019

Categoria: