AWS re:Invent 2016 #2: O melhor do KeyNote James Hamilton – 1º Dia

AWS re:Invent 2016 #2: O melhor do KeyNote James Hamilton – 1º Dia

Pela primeira vez, no AWS re:Invent 2016, a AWS colocou James Hamilton – VP & Distinguished Engineer, como Key Note no maior evento de Cloud Computing do mundo, que acontece em Las Vegas. Normalmente, em anos anteriores, ele fazia uma palestra dentro do evento, no primeiro dia. Agora, sua apresentação ganhou mais destaque.

aws reinvent 2016 james hamiltol key note 2

James Hamilton é um dos personagens mais interessantes e queridas da Amazon Web Services, reconhecidamente um dos melhores engenheiros da companhia e responsável pela arquitetura inovadora de regiões, zonas de disponibilidade e datacenters que a AWS usa atualmente.

Para quem conhece bem a AWS, ouvi-lo é sempre uma oportunidade única de conhecer melhor o que acontece dentro da organização, em detalhes que normalmente não são divulgados.

aws reinvent 2016 james hamiltol key note 3

 

Algumas das novidades lançadas neste primeiro dia, são descritas abaixo:

Reduções de preço do AWS Storage Gateway 

A AWS reduziu o preço deste serviço, que visa acelerar a migração de dados para a nuvem, permitindo às empresas substituir SANs on-premises e soluções de backup tradicionais, como as baseadas em fitas de backup.

  • Preços de storage foram reduzidos em até 28% para volumes e fitas virtuais, e em até 43% para fitas virtuais arquivadas;
  • O custo por Storage Gateway ativo também foi modificado: antes o cliente pagava um valor por gateway, agora pagará um valor por GB armazenado na solução;
  • A recuperação de dados também mudou, agora o custo é por GB restaurado.

Isto tornará o serviço mais competitivo para o mercado. Clientes que buscam soluções híbridas se beneficiarão muito destas reduções. Normalmente o Storage Gateway é um serviço de entrada na nuvem da AWS.

AWS Organizations 

Um serviço que permite gerenciar grupos de contas da AWS de modo centralizado. Isto facilita a gestão de projetos distribuídos em múltiplas contas, assim este é uma melhoria para empresas de diversos tamanhos que possuem diversas contas dentro da AWS. Uma evolução da solução atual de Linked Accounts.

É muito comum a empresa criar várias contas dentro da AWS para gerenciar custos e políticas de segurança de modo individualizado para BU’s, departamentos ou projetos específicos.

Interface de Arquivos no AWS Storage Gateway 

Até aqui, o AWS Storage Gateway permitia que os dados armazenados na nuvem fossem acessados como um disco local ou como uma fita virtual. Agora, a AWS permite que o cliente use o Storage Gateway como um servidor de arquivos local, conectado ao S3 através dos protocolos padrões de mercado.

Esta funcionalidade permitirá mover objetos para a nuvem com mais facilidade para o S3, de modo transparente para os usuários on-premises. Esta melhoria é especialmente importante porque, por razões de banda de internet, a migração de servidores de arquivos não é recomendada para a AWS. Com esta melhoria, o cliente pode ter o fileserver on-premises mas com os dados sincronizados no S3.

Amazon Aurora e RDS PostgreSQL agora são HIPAA 

Isto permitirá que clientes que demandam que a infraestrutura de suas bases de dados seja homologada HIPPA, possam utilizar Aurora e RDS PostgreSQL. Esta é uma certificação utilizada especialmente pela vertical de saúde (healthcare) americana.

4 novas funcionalidades para o Amazon S3 

A AWS anunciou melhorias no S3 que permitirão aos clientes gerenciar e analisar melhor os dados no S3. Algumas delas eram insistentemente solicitadas por clientes há anos.

  • S3 Object Tagging: as tags eram antes utilizadas apenas nos buckets do S3, agora passam a poder ser implementadas em cada objeto. Isso permitirá aos clientes gerenciar custos, políticas de ciclos de vida de objetos e permissões de acesso (via IAM) com mais granularidade.
  • S3 Analytics, Storage Class Analytics: permite aos clientes analisar os acessos e atividades dentro de um bucket do S3. Os logs são gerados em um bucket do S3 e poderão ser analisados através do Amazon QuickSight.
  • S3 Inventory: permite gerar um inventário de objetos do S3 através de um arquivo CSV, diariamente ou semanalmente.
  • S3 CloudWatch Metrics: esta integração dá a oportunidade aos clientes de visualizar métricas em tempo real do que acontece com seus objetos no S3.

 

Windows 10 no Amazon WorkSpaces 

O serviço de desktop virtual da AWS agora inclui a possibilidade de rodar Windows 10, através do Windows Server 2016. Isto permitirá à AWS prover serviços de desktops virtuais com a última versão de Windows do mercado.

 

Para saber mais sobre os lançamentos, assista a gravação da apresentação de James Hamilton, no re:Invent de 2016.

Compartilhe esta publicação:

Artigos Populares

Entre em
CONTATO

Para descobrir como nossos serviços auxiliam os seus negócios, entre em contato conosco.

Tem alguma dúvida?
LIGUE PRA NÓS!

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

NÓS TE LIGAMOS
Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?
Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.