AWS re:Invent 2016 #4: O melhor do KeyNote Werner Vogels – 3º Dia

AWS re:Invent 2016 #4: O melhor do KeyNote Werner Vogels – 3º Dia

Todos os anos no re:Invent, o maior evento de Cloud Computing do mundo, a apresentação do CTO da AWS, Werner Vogels, é uma das mais esperadas. Costumeiramente é a que mais apresenta o caráter inovador da empresa de Seattle, sendo sempre recheada de lançamentos de novos serviços e melhorias no ecossistema da AWS.

Neste ano não foi diferente. Werner subiu ao palco reforçando a cultura da AWS de ser “customer centric”, ou seja, voltada para o cliente. Sendo ele, a empresa mais voltada ao cliente do planeta.

aws reinvent 2016 warner vogels

A seguir, o CTO da AWS explorou a preocupação da empresa em prover não só serviços, mas todo o suporte aos clientes no desenvolvimento de aplicações de acordo com boas práticas de desenvolvimento, incluindo DevOps, automação, etc.

Diversos clientes da AWS subiram ao palco, como de costume, para contar suas histórias de sucesso utilizando a plataforma da AWS. Empresas como Twilio, Trainline, Mapbox, Netflix e até da Casa Branca americana, foram representadas por seus principais executivos no palco para dividir com o público as suas experiências de mercado, além de como cresceram e transformaram os seus negócios usando a AWS.

aws reinvent volges

Vamos então aos lançamentos que Vogels nos trouxe em Las Vegas:

Amazon EC2 Systems Manager 

Uma coletânea de ferramentas da AWS para configurar e gerenciar instâncias no EC2. A ideia aqui é automatizar o gerenciamento de instâncias, tal como fazemos usando ferramentas como Chef, Puppet ou SaltStack, só que com um serviço completamente suportado pela AWS.

Será uma nova alternativa para este tipo de tarefa, que hoje conta com ferramentas como Elastic Beanstalk, OpsWorks e CloudFormation.

AWS CodeBuild 

Dentro da camada de serviços voltados para o ciclo de desenvolvimento de aplicações, a AWS possui uma camada ampla de ofertas como CodeCommit, CodePipeline e CodeDeploy. Porém, faltava uma peça: uma ferramenta para fazer build de aplicações. Algo que normalmente muitas empresas utilizavam CI’s (Continuous Integration) como Jenkins para tanto.

O CodeBuild vem para atender esta demanda. Através dele é possível ter um pipeline completo de DevOps dentro da AWS utilizando apenas serviços da nuvem.

AWS X-Ray 

Normalmente, clientes que precisavam de uma ferramenta de monitoramento de aplicações, com análises mais profundas, utilizavam soluções de terceiros. Serviços como NewRelic ou Datadog eram usados para tanto. O AWS X-Ray vem atuar neste segmento, permitindo aos clientes analisar melhor suas aplicações de modo simplificado e pagando como um serviço.

Trata-se de um passo importante para o monitoramento de aplicações na AWS. A adoção do serviço deverá ser massiva pelos clientes, que poderão contar com análises de latência e a integração com AWS CloudWatch para visualizar de modo simplificado as diversas camadas da stack da aplicação.

AWS Personal Health Dashboard 

Trata-se de um serviço voltado para visualizar, alertar e responder a situações e incidentes dentro da AWS. O serviço facilita a visualização da situação atual do ambiente, oferta guias para correção de problemas e faz notificações ou automatiza a remediação de problemas que ocorram no ambiente. Serviço que está disponível globalmente a partir de hoje.

AWS Shield

Uma requisição frequente de clientes de todo o mundo era ter uma solução da AWS que os protegesse de ataques de DDoS. Cada vez mais comuns, estes ataques geram grande volume de requisições para um determinado website, de modo distribuído, com o objetivo de tirá-lo do ar.

O AWS Shield vem exatamente para proteger os clientes deste tipo de ataque. Todos os clientes que rodam na AWS estão protegidos na versão AWS Shield Standard, que já oferece gratuitamente proteção para diversos tipos de ataques DDoS. Se você roda alguma aplicação web dentro da AWS, não se preocupe, você não precisa fazer nada, você já está protegido.

Para aplicações críticas ou clientes que desejam uma proteção maior, podem contar com a versão AWS Shield Advanced, que provê um serviço de suporte mais intensivo, com SLA’s de atendimento, inclusive por telefone, para apoiar o cliente em situações de DDoS em sua conta.

Amazon PinPoint 

Um serviço voltado para entregar notificações do tipo push para clientes mobile. Especialmente útil para aplicações mobile que rodam dentro e fora da AWS. Com recursos avançados para entender o comportamento do usuário e analisar os resultados das campanhas.

AWS Glue 

Trata-se de um serviço de catálogo de dados e ETL. Basicamente permite que você crie o catálogo de dados, especificando onde eles estão localizados, como por exemplo S3, banco de dados relacional dentro ou fora da AWS, DynamoDB e outros. Com o catálogo criado, é possível criar e agendar atividades de transformação destes dados.

O objetivo do AWS Glue é favorecer o gerenciamento integrado dos dados, que normalmente estão separados em silos que não “se falam”. Com este novo serviço é possível facilmente gerenciar estes dados, enxergá-los de modo simplificado e gerar ações automáticas de transformação destes dados.

AWS Batch 

Trata-se de um serviço gerenciado para realizar processamentos batch em qualquer escala. Completamente suportado pela AWS, é escalável e facilita as realizações de atividades em modo batch dentro da nuvem.

Task Placement Engine para o ECS 

Um serviço que estará disponível em breve, será útil para automatizar e gerenciar a execução de tarefas dentro do serviço de containers da AWS.

Blox 

Uma coletânea de projetos opensource para gerenciamento de containers. Representa mais uma ação da AWS para fomentar a utilização de containers e soluções opensource em todo o mundo.

Apesar da participação da AWS, é um projeto independente, que pode receber a participação de profissionais e empresas interessados em todo o mundo. O Netflix inclusive confirmou participação no projeto. Mais informações em blox.github.io.

aws reinvent 2016-warner vogels-blox

C# no Lambda e outras melhorias 

Seguindo a dinâmica de inovar no mercado de funções como serviço, a AWS disponibiliza mais uma linguagem para o Lambda. Agora os desenvolvedores podem rodar funções C# no AWS Lambda.

Além disso, o Lambda recebeu diversas melhorias, como integração com VPC, função de Server Proxy e outras.

AWS Lambda Edge 

Um dos serviços mais esperados por clientes que demandam soluções avançadas para a distribuição de conteúdo com o CloudFront. Permite rodar funções Lambda em edge locations. Isto possibilitará a utilização do CloudFront em muito mais cenários, especialmente onde soluções como Varnish e NGinx eram utilizados.

lambda_edge

AWS StepFunctions 

Permite gerenciar componentes de aplicações distribuídas através de workflows visuais, como um fluxograma. Trata-se de uma evolução do serviço AWS AWS SimpleWorkflow (SWF) voltado para a organizações de funções Lambda.

 

Para saber mais, assista a apresentação gravada de Werner Vogels.

Compartilhe esta publicação:

Artigos Populares

Entre em
CONTATO

Para descobrir como nossos serviços auxiliam os seus negócios, entre em contato conosco.

Tem alguma dúvida?
LIGUE PRA NÓS!

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

NÓS TE LIGAMOS
Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?
Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.