Certificações na AWS: tudo o que você precisa saber

Certificações na AWS: tudo o que você precisa saber

A certificação na AWS traz a profissionais uma série de benefícios, como reconhecimento de seus pares como especialistas e fornecedores de soluções inovadoras e eficazes, satisfação profissional, maior empregabilidade e também melhor remuneração.

Sobre esse aspecto, uma pesquisa da Jefferson Frank denominada Jefferson Frank Salary Survey 2019/20 mostrou que 47% dos profissionais certificados pela AWS tiveram aumento de salário, atingindo uma média de 28% a mais de ganhos.

Dessa forma, a Head de Gente & Gestão na BRLink, Ana Paula Di Roberto, o Solutions Architect na BRLink, Rodrigo Monteiro, e o Partner Solutions Architect na AWS, Wembley Carvalho, mostraram tudo o que é preciso para conquistar uma certificação na AWS.
Descubra:

Níveis de certificações

Atualmente a AWS Certification, programa de certificação da Amazon Web Services, possui 4 níveis de certificação. Conheça cada um deles e para quem é direcionado:

Foundational: conhecido como o primeiro nível, o Foundation é voltado para profissionais que estão iniciando seu aprendizado na nuvem e atuam nas áreas comerciais. Esse profissional consegue discutir ideias de soluções e apresentar serviços a serem considerados em um projeto.

Associate: o segundo nível é mais técnico e está associado a maioria dos profissionais que sustentam e desenham ambientes na AWS. O associate exige entendimento razoável sobre serviços mais comuns da nuvem, segurança, logs e também gestão de identidades. Esse profissional consegue montar ambientes de produção, otimizá-los e depurar problemas corrigindo-os.

Professional: já o Professional atesta conhecimentos em cenários complexos de arquitetura e operação, por isso, é recomendado para profissionais com maturidade maior na AWS. Entre as principais habilidades, esse profissional conhece os padrões e antipadrões de cada tipo de projeto.

Specialty: Esse nível atesta o conhecimento especializado em uma área de atuação, seus padrões e antipadrões, bem como ferramentas adequadas e que se relacionam em determinadas situações. Para fins de parceria, são consideradas acreditações do nível Professional.

Visão geral das certificações

  • No nível Foundation, o candidato tem a Cloud Practitioner, a prova mais básica de todas as as áreas. Essa certificação é indicada para profissionais iniciantes, sejam arquitetos, desenvolvedores ou da área comercial, e que tenham, no mínimo, seis meses de conhecimento básico da indústria e da nuvem AWS.
  • O Associate possui as certificações Architect, SysOps e Developer, que são provas mais técnicas e exigem do candidato, pelo menos, um ano de experiência resolvendo problemas e implementando soluções usando a nuvem AWS.
  • Já o nível Profissional engloba a Solutions Architect e DevOps, provas essas indicadas para profissionais mais experientes. O recomendado é de, no mínimo, dois anos de experiência abrangente em projeto, operação e soluções de problemas usando a nuvem AWS. Normalmente, profissionais de operações e desenvolvimento são mais atraídos para essas certificações.
  • O nível Specialty segue uma linha diferente dos demais, pois está focado em serviços específicos. Nesse nível, é possível encontrar certificações para diferentes áreas, como, Security, Machine Learning, Data Base, Data Analytics, e outros.

Como agendar o exame

Antes de realizar o exame oficial, é aconselhável que o profissional se submeta e passe em um exame simulado. Feito isso, o candidato pode realizar o agendamento no portal de Treinamento e Certificação da AWS.

Ao acessar o portal pela primeira vez, utilize o login para usuário Amazon. Caso já tenha credencial como usuário ou cliente, pode utilizar os mesmos dados de acesso para certificação. No portal, haverá uma lista de exames atuais com seus respectivos valores, basta clicar no botão Schedule New Exam e preencher os formulários solicitados.

Hoje é possível fazer os exames presencialmente, em um centro de exames ou de forma remota, na qual um examinador observa a prova pela câmera do computador. Caso opte por essa, escolha um horário no qual esteja bem disposto e não tenha distrações. Sobre os centros de exames, a Pearson Vue e a PSI são centros bastante similares, porém a Pearson possui mais opções de locais para fazer as provas.

Materiais de estudo

A Udemy disponibiliza cursos nível Associate do A Cloud Guru por um preço menor e em reais. Os cursos variam de R$25 a R$40, dependendo da época e são compra final, não assinatura.

Os cursos são praticamente os mesmos que compõem a assinatura do A Cloud Guru e são considerados os mais completos e didáticos para o exame de certificação, ao mesmo tempo que apresentam conteúdos práticos para o aprendizado. A duração de cada curso é de cerca de 15 horas.

Outro recurso para preparação dos exames é o Linux Academy, agora associado ao A Cloud Guru e que futuramente terão os conteúdos integrados.

Além dos cursos preparatórios, recomendam-se os simulados na Whiz Lab que contém bancos de questões similares ao exame real. São cerca de 400 questões com respostas e explicações.

Dicas para o dia do exame

Durma bem na noite anterior ao exame. Faça uma refeição habitual no dia e no anterior. De preferência, beba água e vá ao banheiro antes da prova. Caso seja presencial, chegue com 30 min antecedência no local, pois o exame não pode iniciar com atrasos. Prefira uma roupa confortável e considere levar uma malha leve ou agasalho.

Você pode acessar o webinar clicando AQUI.

Artigos Populares

Entre em
CONTATO

Para descobrir como nossos serviços auxiliam os seus negócios, entre em contato conosco.

Tem alguma dúvida?
LIGUE PRA NÓS!

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

NÓS TE LIGAMOS
Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?
Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.