Como a BRLink se tornou Next-Gen MSP utilizando automação e inteligência artificial da AWS

Como a BRLink se tornou  Next-Gen MSP utilizando automação e inteligência artificial da AWS

O Next Generation MSP, ou gerenciamento de última geração, como também é conhecido, tem por principal propósito trazer um novo e mais eficiente modelo de serviços gerenciados. Esse parceiro possui vasta experiência em migração de projetos, bem como em acelerar a automação e gerenciar soluções avançadas, a fim de conduzir o cliente aos principais resultados ao utilizarem a nuvem.

Antes de ser um AWS MSP, sendo reconhecida há 5 anos, a BRLink vivenciou diferentes níveis de maturidade com a AWS, deixando de ser um mero usuário para atuar ao lado da marca como um parceiro de serviços. Essa jornada teve início há 10 anos, com a contratação do serviço de Disaster Recovery da AWS e desde então não parou mais. Ao longo de um ano e meio utilizando a nuvem de maneira interna, a empresa obteve um grande salto de conhecimento em relação aos recursos e utilização da nuvem pública da AWS.

De usuário a Parceiro

A experiência na migração de ambientes para nuvem AWS fez com que a BRLink enxergasse um grande mercado em potencial. Desse modo, em 2012, a empresa migrou totalmente para o setor, apoiando outros projetos da América Latina na transição para nuvem. A partir daí não demorou para que nos tornássemos um parceiro oficial da AWS no Brasil.

Com muito trabalho e presença cada vez mais ativa junto a marca, fomos reconhecidos com o mais alto nível de parceria com a AWS, a de Parceiro Premier. Na região da LATAM, apenas poucos players de mercado alcançaram tal certificação. Além desse prestigiado status, passamos a conquistar diversos outros reconhecimentos e competências pela empresa, dentre elas, de DevOps e Educação.

Desenvolvendo um trabalho de MPS baseado em automação e inteligência artificial

Depois de dar um importante passo com a criação de uma plataforma de gerenciamento de ambientes na nuvem em 2014, a BRlink deu início a uma jornada desafiadora e que correspondia aos planos da empresa. Nossa expectativa era ser um dos principais parceiros da AWS e ter capacidade de oferecer o melhor suporte aos clientes na nuvem.

Esse trabalho rendeu a BRLink não apenas o reconhecimento de AWS Managed Service Provider, mas evoluiu ao longo dessa jornada e hoje somos Next Generation MSP, estando entre os poucos parceiros brasileiros com essa certificação pela AWS. Além da rica gama de serviços e portfólio, os parceiros qualificados do programa APN contam com vantagens técnicas e comerciais para oferecer serviços na nuvem AWS.

Desde então a mentalidade da empresa passou a ser orientada por DevOps, porque entendemos que DevOps e nuvem significam tudo sobre automação e construção, consistentes interações entre ferramentas e processos. Para ajudar nossos clientes na adoção de automação, construímos pipelines de CI/CD e, para muitos projetos, propomos e implementamos ambientes sem servidor (serverless). Educar os clientes para ajudá-los a adotar uma cultura de DevOps internamente também tem sido uma preocupação da BRLink desde então.

Além disso, acreditamos que um MSP de última geração deve possuir ferramentas e conhecimentos adequados para atender e exceder os requisitos de governança e segurança do cliente. Pensando nisso, desenvolvemos o Cloud Insights, uma plataforma de segurança que coleta dados de ambientes de clientes e utiliza Inteligência Artificial (AI) para fornecer recomendações e monitoramento de segurança proativos.

Utilizando a auditoria como um guia de otimização

Entre as principais vantagens de ser um parceiro do Programa MSP da AWS está a recomendação estabelecida pela auditoria de terceiros, a qual todo todo membro MSP precisa se submeter.

Para qualquer empresa que deseja construir um negócio de serviços gerenciados em nuvem e de boa reputação, os benchmarks mais fortes a serem atingidos são definidos pelo programa MSP da AWS e pela auditoria de terceiros. Com um trabalho consistente para atender aos critérios do programa, é possível chegar a um novo nível em sua prática. Com base nisso, aprimoramos a forma como pedimos as opiniões e as interações com nossos clientes, obtemos insights e notamos como a automação central é uma prática de serviços gerenciados na nuvem.

Portanto, o parâmetro para ser um Next Generation MSP bem-sucedido é apresentando todos os anos à proporção que as prioridades, necessidades e expectativas dos clientes evoluem. Dessa forma, acreditamos que investir em nossa prática de MSP e melhorar nossos processos e serviços a cada dia, para oferecer mais valor aos clientes, é parte essencial do nosso trabalho como Next Generation MSP da AWS.

Artigos Populares

Entre em
CONTATO

Para descobrir como nossos serviços auxiliam os seus negócios, entre em contato conosco.

Tem alguma dúvida?
LIGUE PRA NÓS!

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

NÓS TE LIGAMOS
Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?
Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.