Profissionais de TI perdem espaço com a adoção de Cloud?

Profissionais de TI perdem espaço com a adoção de Cloud?

De builder a broker! Essa é a principal mudança de papel do profissional de TI diante da nuvem. Não é preciso temer as transformações que se anunciam na carreira. Mas ter confiança no futuro profissional depende de reconhecer com clareza as vantagens da adoção de cloud, que estão muito além da redução de custos e de mão de obra para empresas em processo de migração para a nuvem. Para se ter uma ideia do cenário, a Cisco no White Paper Global Cloud Index: Forecast and Methodology, estima que, até 2020, 90% do tráfego originário de data centers partirão da nuvem.

A ascensão do modelo de operação via cloud computing é uma oportunidade para os profissionais de TI. Diante de instabilidades econômicas, a Tecnologia da Informação é um setor que permanece aquecido. Mesmo com a crise, profissionais de TI não deixaram de ser contratados. Essas são as vagas mais populares:

  • Computação gráfica 3D;
  • Engenharia de software;
  • Games;
  • Gerenciamento de engenharia web;
  • Redes e sistemas para internet;
  • Tecnologia de desenvolvimento de sistemas;
  • Tecnologia na construção de software.

 

No entanto, todas elas exigem qualificação, característica que nem todo empregador consegue encontrar nos profissionais de TI que atuam no mercado. A carreira vem mudando e é sempre uma das primeiras a ser impactada pelas transformações tecnológicas. A principal mudança está no papel que se transforma de builder a broker diante das vantagens do cloud. Veja como era e como estão se transformando as funções dos profissionais de TI.

#Antes Builder                    

Qual era o papel dos profissionais de TI antes da nuvem? Construir uma infraestrutura robusta o suficiente para rodar as aplicações e permitir o exercício das atividades da empresa. Por isso, a característica principal de quem trabalhava nessa área era ser builder, que em tradução livre significa construtor. Mas como diria, Jim HonerKamp ao ser contratado pela Steel Technologies: “Infraestrutura não nos diferencia no mercado”.

O profissional AN (antes da nuvem) estava mais preocupado em construir os data centers dentro de casa. O que o tornava extremamente especializado, ao mesmo tempo em que o condicionava a um papel operacional dentro da empresa, indiferentemente de exercer ou não a função de gerência. Olhando para as máquinas e buscando o melhor desempenho delas, ficava difícil de enxergar as mudanças no mercado.

Com as vantagens do cloud, o profissional AN começou a perceber que poderia desempenhar funções mais estratégicas para as empresas. Agora ele busca se reposicionar dentro da própria carreira, almejando conhecer mais sobre cloud computing.

#Agora Broker

Qual é o novo papel dos profissionais de TI hoje, depois da nuvem? Ser broker, o porta voz dos interesses da empresa diante da oferta massiva de serviços de nuvem. Isso significa que o profissional dessa área precisa se posicionar como conselheiro das lideranças para a adoção de modelos de cloud computing que atendam às expectativas de robustez, performance, escalabilidade, flexibilidade e disponibilidade necessárias às operações dos sistemas de missão crítica.

O broker é o profissional DN (depois da nuvem) e sua função principal é atuar como um corretor, ou seja, ele está entre os fornecedores e o consumidor final das vantagens da adoção de cloud. O papel de corretagem é instruir clientes no processo de migração, gerenciamento da informação e melhor uso para atingir as metas da empresa. É ele o maior aliado na construção de uma arquitetura adequada para o ambiente virtualizado das empresas na nuvem.

Mas onde está o broker? Esses profissionais de TI ocupam posições estratégicas em empresas que fazem o intermédio entre os grandes players do fornecimento de cloud computing e os negócios que adotam a computação na nuvem. Mas broker é também aquele profissional que administra os tais serviços, reformulando contratos em benefício das atividades da empresa. Essa é uma nova dinâmica que se apresenta.

#Abertura para a nova dinâmica

É importante ficar atendo às novas possibilidades que o mercado oferece com o crescimento da nuvem. Os programadores de software, por exemplo, perdem espaço nos departamentos das empresas, mas ganham lugar nos fornecedores de SaaS (Software as a Service). O caminho pode não ser o mais claro, mas certamente está repleto de oportunidades para aqueles que buscam qualificação e destaque na carreira.

Ser o profissional DN ou o broker pode representar uma nova trajetória. As vantagens do cloud trazem novas oportunidades e papéis para o profissional de TI. Por isso, fique sempre atualizado e conte com os conteúdos que a BRLink produz para você.

 

Artigos Populares

Entre em
CONTATO

Para descobrir como nossos serviços auxiliam os seus negócios, entre em contato conosco.

Tem alguma dúvida?
LIGUE PRA NÓS!

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

NÓS TE LIGAMOS
Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?
Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.