Webinar ensina como criar um modelo de dados com AWS SageMaker

Webinar ensina como criar um modelo de dados com AWS SageMaker

O alcance dos serviços de Inteligência Artificial e Machine Learning tem sido maior a cada dia. Mais robustas, essas soluções são capazes de fazer recomendações, predições, detectar fraudes, traduzir e transcrever arquivos, otimizar Workflow, entre outras possibilidades.

Por trás deste conjunto, existem ferramentas que suportam e possibilitam a operação desses serviços, porém, nem todos os problemas de ML podem ser resolvidos por meio delas, e é então que surge o SageMaker, um serviço gerenciado da AWS que fornece a desenvolvedores e cientistas de dados a capacidade de criar, treinar e implantar modelos de Machine Learning (ML) rapidamente.

Os especialistas Marcelo Cunha, ML Solutions Architect na AWS, e Miller Horvath, Data Scientist na BRLink, esclareceram tudo sobre a ferramenta e mostraram como criar um modelo de dados com o AWS SageMaker. Confira:

Por que utilizar o SageMaker?

As ferramentas da AWS são feitas com o intuito de aumentar a produtividade e fazer com que o desenvolvedor e cientista de dados foquem verdadeiramente na modelagem e criação de modelos de ML. Essas ferramentas são conhecidas como serviços gerenciados e, dentre elas, podemos destacar serviços como Amazon Console e Recognition.

O SageMaker, no entanto, é um serviço gerenciado praticamente completo para ML, pois é capaz de sustentar o workload de ponta a ponta, desde da preparação dos dados até treinamento, deploy e monitoramento. Ele fornece todos componentes usados para Machine Learning em um único conjunto de ferramentas e ainda possui importantes vantagens, como integração nativa com máquinas virtuais do tipo spot, integração com outros componentes, redução de custos, e mais.

Com funciona

A instrumentação do Amazon SageMaker funciona por meio de chamadas de API, logo, quando se quer fazer o deploy de um modelo de ML no SageMaker, basta fazer uma chamada de API e então o serviço cria uma infraestrutura, coloca o modelo em produção e o sustenta.

Uma das maiores características do aplicativo é a flexibilidade, pois não é necessário começar ou terminar um modelo dentro do SageMaker, nem mesmo utilizá-lo completamente. O cientista de dados ou desenvolvedor pode, por exemplo, levar modelos treinados on premisse, de outras plataformas para o SageMaker e gerar inferências. O inverso também pode acontecer e se utilizar apenas um pipeline de machine learning. Portanto, o serviço pode ser usado da forma que melhor atender, tudo vai depender do desafio proposto no momento.

O ciclo do projeto de ML

Trabalhar com machine learning é um processo interativo, mas ao mesmo tempo complexo. Os projetos de ML passam por um ciclo, o qual começa na preparação dos dados, onde se analisa o tipo de dado disponível e como trabalhar com ele. Após isso, vem a etapa de construção, onde se define qual o tipo de algoritmo de ML utilizar e o modelo mais adequado para resolver determinado problema.

Na sequência, a etapa de preparação, onde se utiliza o dado histórico para aprender padrões e obter uma resposta. O modelo treina observando os dados históricos e então é utilizado para fazer previsões. Em seguida, vem a parte de implantação, considerada um dos maiores desafios. Essa etapa estuda inferências, se o modelo poderá ser usado de forma efetiva e como colocá-lo em produção. Logo, se estuda o panorama de desafios e se avalia como o SageMaker pode ajudar a resolvê-los.

Simplificando com o SageMaker

Por ser um ciclo complexo, no final das contas, o cientista de dados se vê diante de um grande problema. O SageMaker, contudo, abstrai o trabalho pesado de cada etapa do ciclo, a fim de facilitar o desenvolvimento de modelos de alta qualidade. O aplicativo possui componentes independentes para cada etapa, os quais podem ser usados separadamente conforme cada caso de uso.

As camadas de extração são outros instrumentos criados pela AWS para simplificar a utilização de serviços. O SageMaker Studio, por exemplo, é uma extração a qual fornece uma interface gráfica completa, que permite visualizar cada componente do processo de desenvolvimento de ML. Com ela, é possível fazer upload rápido de dados, treinar e ajustar modelos, alterar as etapas do ciclo, criar novos notebooks, entre outras tarefas.

Normalmente, a porta de entrada para o SageMaker é o SageMaker Notebook, uma instância com a qual se começa a construir os primeiros modelos, treinar e fazer inferências. Porém, conforme o usuário vai ganhando maturidade com Machine Learning, é possível utilizar outros serviços para apoiar as demais partes, como o Processing Jobs, por exemplo, que já possui um poder de processamento muito maior em relação ao primeiro.

Metodologia CRISP DM

CRISP DM (Cross Industry Standard Process for Data Mining) é o processo padrão de mercado para se trabalhar com ciência de dados e que reforça a natureza cíclica e interativa da mesma. Essa metodologia também pode ser aplicada para trabalhar com Machine Learning, como a BRLink e AWS tem realizado. Por isso, conheça as 4 fases da metodologia CRISP DM para obter sucesso na construção de modelos de ML:

1º Compreensão do problema:

A primeira fase é entender quais são os desafios de negócio do cliente. De nada adianta utilizar a tecnologia pela tecnologia, é preciso entender o problema e usar os recursos existentes para impactar o negócio.

2º Compreensão dos dados:

A segunda fase é coodepende da primeira, pois consiste em compreender os dados e de que maneira estão relacionados com o problema de negócio. Nessa fase se verifica a qualidade dos dados, padrões interessantes e possíveis hipóteses para o desenvolvimento de modelos.

Fases 3 e 4: Preparação dos dados e modelagem

As fases seguintes também são coodependentes e correspondem ao ciclo de projeto de ML. A fase de preparação dos dados consiste na normalização, seleção e extração de “features”, já a modelagem, consiste no treinamento do modelo e validação de sua qualidade.

Para mais informações,  acesse:
https://materiais.brlink.com.br/webinar_sagemaker

Artigos Populares

Entre em
CONTATO

Para descobrir como nossos serviços auxiliam os seus negócios, entre em contato conosco.

Tem alguma dúvida?
LIGUE PRA NÓS!

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

NÓS TE LIGAMOS
Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?
Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.